quinta-feira, 24 de maio de 2007

Por que gostamos de Super-Heróis?


A mídia está vivendo uma nova onda de super-heróis como não via há muito tempo! As duas grandes empresas que controlam os direitos autorais dos personagens vivem uma corrida de produções que aproveitam a facilidade dos efeitos especiais de computador, para tornar os poderes e cenários dos quadrinhos em realidade nas telonas. A Marvel Comics estourou as bilheterias com a trilogia Homem-Aranha, acompanhada por filmes de outros de seus personagens como Justiceiro, Demolidor, Elektra, Blade, os X-Man e Hulk. Já se prepara o filme do Homem de Ferro e o lançamento do 2º filme do Quarteto Fantástico promete muita bilheteria. Os milhões em bilheteria atraíram a concorrente DC Comics, que já reciclou novas edições de seus melhores personagens, Superman e Batman, já com séries de filmes milionárias em andamento. Mas na verdade, quem são eles e por que gostamos deles?
Superman: Conhece alguém que veio de outro lugar do universo e foi adotado bebê por uma família deste planeta, nunca mente e tem super-poderes? Que vem de uma família chamada “El” que curiosamente em Hebraico é uma das formas da palavra “Deus”? Jesus ou Superman? Tanto faz, desde que a Divindade seja diminuída e humanizada! Curiosamente em seu último filme “Superman Returns” o herói tem conversas com seu pai já falecido onde o pai diz para o filho: “Eu enviei você para eles, você o meu único filho”. Em outro trecho do filme o herói está flutuando acima do planeta, ouvindo a voz de pranto de milhões de pessoas ao mesmo tempo, como um tipo de deus ouvindo orações de pranto de seus súditos. Para completar o filme, temos que referir que Superman é estocado no lado por um tipo de punhal de Kriptonita feito por Lex Luthor, sendo dado como morto e depois ressuscitando. Lembrou-te alguém? Rm.1:23 menciona sobre homens que se tem por sábios e mudam a glória de Deus incorruptível em semelhança de homens corruptíveis.
Batman: Ele não tem super-poderes, é um homem comum vestido com roupa de morcego e com o cinto cheio de geringonças que se tornam letais nas mãos dele. Batman é um garoto transtornado na infância pela morte dos pais, que depois de adulto se torna um tipo de “justiceiro”. A mensagem de Batman é: Use uma máscara e faça justiça pelas suas próprias mãos! O temperamento do herói é conhecido por bater sem dó em seus adversários e algumas vezes usar até tortura para obter informações. O mundo ama o Batman, porque o personagem faz com que o lado vingativo, violento de cada um tenha uma aparência de heroísmo. Batman curiosamente é chamado também de “Cavaleiro das Trevas”!
Desenho Liga da Justiça: O novo desenho que reúne os heróis da DC Comics (Superman, Batman, Mulher-Maravilha e outros) apresenta seus personagens e histórias com temas como romance entre os personagens, sedução, reencarnação, magia, evolucionismo e outros. Os heróis às vezes trocam de lado e até lutam entre si!
Homem Aranha: Os adolescente identificaram-se rapidamente com Petter Parker, pois agora tinham um herói estudante universitário, cheio de problemas financeiros e com um eterno drama romântico com sua Mary Jane. Homem Aranha é cômico e trágico, garantia de sucesso! Mas como ele consegue enfrentar seus inimigos? De onde vem seu “dom” ou “poder”? De Deus? Não.......!!!!!!! De uma aranha radioativa.
X-Mens: Há tantos detalhes subliminares por traz destes personagens que não teríamos espaço aqui para descrevê-los, a trama toda é construída no pressuposto de um novo salto evulucionário na humanidade, chamado de gene X o qual dota os portadores de poderes e mutações. Observe que há algumas semelhanças com o quadro profético que esperamos para os últimos dias antes da volta de Jesus: Dr. Xavier e Magneto que no passado eram amigos e agora lutam entre si, tentam recrutar o maior número possível de integrantes para suas forças, sendo que a batalha caminha para confronto último e grandioso, no qual o governo também emite leis e manda prender os mutantes.
O vilão Magneto, não é totalmente vilão, as vezes até junta suas forças com os mutantes do bem. Muitos dos mutantes realizam fenômenos de telecinésia e telepatia que na verdade sabemos são poderes tipicamente falsificados por demônios em manifestações espiritas. O mais famoso herói deles, Wolverine, é um tipo que se sente à vontade em quebrar tudo, bater muito e falar pouco, em seu imenso exemplo de heroísmo é um grande adepto de charutos. X-Man trabalha a aceitação das minorias, aludindo a conflitos raciais e homossexualismo.
A última cartada cinematográfica da Marvel Comics é o lançamento do pouco conhecido “Motoqueiro Fantasma”. Ma por que um herói pouco conhecido e não um de grande fama como Thor ou Capitão América? Por que no momento a moda é o “Anti-Herói”, ou seja, aquele que não era para ser, mas é um tipo de herói sobre certo ponto de vista! Motoqueiro Fantasma é a história de um homem que vende a alma ao diabo por amor a uma mulher e vive como um justiceiro em sua moto com rodas chamejantes para digamos, lutar pelo bem.
Temos que olhar os heróis de diversas formas, pois há muito por trás deles e dos milhões que eles movimentam em revistas, filmes, desenhos e todo tipo de marketing desde tênis infantil até brinquedos.
1. Dinheiro: Hoje não importa o que é moralmente correto, importa o que atrai atenção e vende audiência. Blade (herói vampiro), Wolverine, Justiceiro e outros são exemplos disso.
2. Fama: Eles se tornam ícones e ídolos de gerações. O triste e trágico fim do antigo ator de Superman, que ficou tetraplégico e morreu há poucos anos nos dá uma idéia do quanto é enganoso visualizá-los como super-poderosos.
3. Ideologia: Eles preparam a mente das crianças e adultos para aceitar temas do interesse da mídia secular como espiritismo, sexualidade libertina e violência.

Mas não podemos terminar sem responder: Afinal, por que gostamos tanto de super-heróis? A resposta é muito simples: Eles fazem o que não podemos ou não conseguimos fazer, então nos identificamos e nos projetamos neles!
Será que esquecemos o que Jesus disse, esquecemos que também temos super-poderes? “...em verdade vos digo, se tiveres fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá – e há de passar; e nada vos será impossível”. Mt.17:20.
Por Pr. Ericson Danese

Nenhum comentário: