sexta-feira, 11 de julho de 2008

No tempo de Isaías e no tempo de hoje

Isaías levantou-se numa época de declínio religioso de Israel e Judá, segundo o texto ele foi profeta na época de Uzias(Azarias), de Jotão, de Acaz , Ezequias e por fim Manassés. O Talmud Judaíco diz que Isaías se relacionava bem com Ezequias, mas teve problemas com Manassés o filho de Ezequias, que o teria mandado cerrar em 686 a.C. Então, Isaías teria realizado seu ministério de 750 a 686.
Durante o governo de Jeroboão II em Israel e Uzias em Judá, não havia uma ameaça externa, o poder dominante era a Assíria que ainda não era agressiva contra Judá. Israel passava por prosperidade e aumento de riqueza através da industria de tecidos e o comércio. Como conseqüência desta prosperidade, duas classes sociais se tornas claras, os ricos e os pobres.
Os ricos contavam com o poder judicial corrupto e o pobre era explorado pelos poderosos, Amós 3:10 e 15 e 6:4-6 descreve os ricos, morando em casas e camas de marfim. Para enriquecer os ricos utilizam o poder judiciário. (2:6), os juízes favoreciam os ricos por dinheiro, (5:7), convertiam o juízo em amargura. Em 8:5, comércio enriquecia com o lucro capitalista obtido pela balança e medidas enganosas.
Os pobres, 4:1, 5:11, 8:6, viviam em situação tão infeliz que se deixavam comprar por preço barato, na esperança de sobreviver.
Isaías anuncia que Deus irá utilizar o império Assírio do rei Tiglate Pileser para punir as nações, e julgar Israel e Judá. A primeira invasão ocorreu durante o governo de Manahem e a segunda durante o governo de Peca. O cerco de Jerusalém por Senaqueribe na época do rei Ezequias.
Todos os eventos históricos e proféticos do livro de Isaías, deixam-nos algumas lições importantes:
1) Nosso povo vive em relativa prosperidade e paz atualmente, o que significa que devemos ver isto como dádivas e não como direitos, diante da atual circunstância social e religiosa da presente época.
2) Devemos dar uma mensagem de advertência de que o mundo será em breve julgado, pois todas as vezes que as nações encontraram-se num quadro igual ao mundo em que vivemos, foram visitadas pelos juízos de Deus.
3) Nos breves momentos que sucederão os últimos acontecimentos antes da volta de Jesus, estaremos seguros na palavra profética? Temos confiança, ignorância ou medo?
No mês de agosto participaremos juntos da Vigília Distrital dos Eventos Finais em Santo Ângelo, prepare seu pequeno grupo, sua família e participe.
Será um momento para membros batizados da IASD prepararem-se para dois eventos: 1) O Projeto Impacto Esperança, e 2) A iminente volta de Jesus.

Nenhum comentário: